Cidades Coluna Social

Projeto de Incentivo à produção científica sobre Direitos humanos da OMDDH

O projeto é coordenado pelos professores Gabriela Lopes dos Santos e Fabrício Souza Santos que é Diretor da Secretaria Nacional de Educação e Cultura da OMDDH

10/12/2021 16h33 Atualizada há 2 meses
49
Por: Comendador Fabrício Santos
Coluna Resenha Cultural Fabrício Santos
Coluna Resenha Cultural Fabrício Santos

Projeto de Incentivo à produção científica sobre Direitos humanos da OMDDH - Organização Mundial dos Defensores dos Direitos Humanos com sede em Belford Roxo/RJ.

 

O projeto é coordenado pelos professores Gabriela Lopes dos Santos e Fabrício Souza Santos (Diretor da Secretaria Nacional de Educação e Cultura da OMDDH).

(Gabriela Lopes)

(Fabrício Santos)

A Organização Mundial dos Defensores dos Direitos Humanos (OMDDH), signatária do Pacto Global da ONU sob o Registro n° 93551 vem incentivar à produção científica com a divulgação do edital do 1° Seminário Internacional de Incentivo à Produção Científica Sobre Direitos Humanos, com finalidade de promover novos conhecimentos científicos, cooperando para disseminação de informações sobre os Direitos Humanos no Brasil e no Exterior. 

 

O projeto tem como coordenadora Gabriela Lopes dos Santos, acadêmica do Direito e o subcoordenador, Prof. Fabrício Souza Santos, membros da comissão de supervisão pedagógica da OMDDH. Segundo Gabriela Lopes, o incentivo à pesquisa, ao estudo e à produção científica é ato de grande valor e importância no cenário social nacional e internacional. Promover o saber é uma forma de fomentar o desenvolvimento humano.

 

“A produção científica é fundamental para buscar novos saberes na área acadêmica e alcançar soluções para problemas sociais. O Brasil precisa e o mundo agradece”, disse a coordenadora do projeto. O Seminário internacional contará com a participação de docentes e discentes de instituições do Brasil, de Angola e Moçambique, pois o edital tem recepção internacional, devendo apenas ter os artigos científicos submetidos em língua portuguesa.

 

Os participantes receberão certificado de participação digital, além do conteúdo reunido ser publicado em plataforma online de modo gratuito o acesso. As inscrições vão de 20/11/2021 até 30/03/2022. Para maiores informações é só solicitarem o edital através do e-mail: [email protected] (Informações/Fotos: Gabriela Lopes dos Santos).

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Resenha Cultural Fabrício Santos
Sobre Resenha Cultural Fabrício Santos
Comendador Fabrício Santos, escritor/poeta manhuaçuense. Artista Plástico filiado ao SINAP-ESP/AIAP – UNESCO e Penta-Recordista (RankBrasil), graduado em Pedagogia e 2ª Licenciaturas em História e Artes, Bacharel Livre em Teologia, Auxiliar Técnico em Metalurgia, Pós-graduado em Literatura, Cultura, Arte na Educação, Filosofia e Direitos Humanos, Especialização Técnica em Arteterapia e Musicoterapia, cursando Arquitetura e Urbanismo pela UNIFACIG. Presidente da ACLA/MG e Benemérito da FEBACLA/RJ
Manhuaçu - MG

Manhuaçu - Minas Gerais

Sobre o município
Notícias Acadêmicas,Culturais, Sociais,Turísticas,Educacionais,Terapêuticas e da área da Saúde de Manhuaçu-MG. O nome de Manhuaçu que em Tupi significa “grande chuva”, foi emancipada no dia cinco de novembro de 1877 e, alguns anos depois, tornou-se cidade. Neste período a cidade perdeu uma grande área territorial, originando 70 municípios que compõem o leste de Minas Gerais. Com o fim do ciclo do ouro na região, a maior riqueza do município tornou-se o café.
-
Atualizado às 21h00 - Fonte: Climatempo
°

Mín. ° Máx. °

° Sensação
km/h Vento
% Umidade do ar
% (mm) Chance de chuva
Amanhã (29/01)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. ° Máx. °

Domingo (30/01)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. ° Máx. °