Cidades COLUNA SOCIAL

Você viu o Paulo Guedes por aí?

Paulo Guedes fez o quê, além de colocar a granada no bolso do povo trabalhador?

09/01/2022 22h05
213
Por: Gilson Oliveira
Foto: Valor econômico
Foto: Valor econômico

Você viu o Paulo Guedes por aí?

Apertem o cinto: o ministro sumiu. Desapareceu da mídia o ministro da economia. Isolou-se, ou foi isolado. De propósito, por desgosto, por abandono do cargo, vai saber? Não dá palpite, não aponta saídas, não é o timoneiro, não transmite o menor sinal de que há um ponto de chegada.

No princípio do mandato, ele era o dono de tudo, a voz ressoante, que foi ficando dissonante, discordante, e, por inanição, perdeu o sentido. Nada funcionou: as reformas aumentaram a desilusão, cresceram o desemprego e trouxeram de volta a inflação. A pandemia não é desculpa: a tendência antes já tinha a direção da ribanceira.

O custo de vida disparou. Não se tem, no comum das famílias, ou nas famílias comuns, garantia de comida na mesa para todos. O terror das classes B e C é pagar contas em dia, manter a vida como ela é, com drásticos cortes. Desespero para a classe D.

E resiste o preço insuportável dos combustíveis. Viver, nessa economia destroçada, é um lance de sorte. País economicamente intransitável como, neste momento extremamente chuvoso, as estradas de Minas. Estagnado, até sem necessidade de rumo, pela ausência do para onde ir.

O auxílio de R$ 400,00 não garante sequer uma cesta ao povo que dele precisa, e nem isso o ministro queria dar. Foi contra. Ou seja: nega na teoria e na prática a função do Estado, sua última razão de ser que é garantir o direito de comer.

Mas o que é mesmo a economia? Um super-homem que sabe fazer tudo funcionar, era o que se dizia. Porque antes dele, havia o ministro da fazenda e os demais, todos à frente da economia como um conjunto de atividades gerais que garantem a produção da vida. Paulo Guedes fez o quê, além de colocar a granada no bolso do povo trabalhador?

O certo é que Brasília tirou férias: não se responde por nada e o que chamaram de piloto ou maquinista de um trem desgovernado desapareceu sorrateiramente, e a última coisa que li é que haverá uma grande troca de ministros quando faltarem nove meses para terminar o mandato. Avisem o Paulo Guedes.  

2 comentários
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.